MTBAdventure

Wednesday, January 23, 2008

Preparação etapas Freita Outdoor Chalenge

A subirmos á serra já se antevia um dia fantástico para pedalar e correr.

Testamos duas etapas da prova e fica a promessa de excelentes percursos e muito duros também, mas as paisagens compensam... Ora vejam:



Já no final do dia enquanto o Xará e o Hugo foram por um lado para ir buscar o carro eu foi por outro para finalizar uma das etapas pedestres... O tempo foi passando e rapidamente ficou noite com muito frio. Foi a primeira vez que utilizei a manta térmica que à alguns anos anda no fundo do Camel Bak. O vento era tal que até coloquei o mapa na cabeça (a fazer de buff) preso pela fita do frontal. Enquanto caminhava pela berma da estrada pedi boleia a 4 carros que nem sequer abrandaram... Também pudera... Parecia que vim do espaço... Hehe...

Aqui ficam alguns videos que poderam esperar no Freita Outdoor Challenge.

video

video

video

Thursday, January 10, 2008

Roma

Esta visita a Roma foi entre o Natal e o fim de Ano. Logo ao sair do avião no aeroporto Leonardo da Vinci apanhamos o comboio para Roma. Ficamos hospedados num hotel perto da Estação de Termini a cerca de 10 minutos do centro de Roma Antiga.

O primeiro objectivo estava definido… Ir ver o Coliseu. Simplesmente fantástico. Colossal… Embora muito diferente do que estamos a ver em alguns épicos do cinema com o Gladiador não deixa de impressionar pela grandeza.
Por não existir palco é possível ver a galerias na parte inferior. Sempre fascinado por grandes obras de engenharia tentei imaginar como é que em 80 d.c. foi possível erguer tamanha obra.

Arco di Constantino
Fórum Romano
Coliseu visto do Monte Palatino
Passado o coliseu visitamos o Fórum romano e o Monte Palatino. A quantidade de ruínas é imensa e algumas estão em muito bom estado. Estes antigos imperadores viviam à grande.


Estátua Imperador Marco Aurélio
Museu Capitolini
Estátua da loba que segundo a lenda tratou dos gémeos Romelo e Remo.
O Panteão

Fonte de trevi onde a tradição diz que se deva atirar uma moeda sob o ombro direito e pedir um desejo.
Castelo St. Angelo

Basilica de São Pedro

A visita ao Vaticano levou um dia completo também pela demora das filas de entrada para os diversos locais a visitar. Bom… Agora compreendo porque razão é que o Vaticano é das nações mais ricas do mundo. Na verdade trata-se de uma área de 0.4 km quadrados e com cerca de 1200 habitantes. Ao entrar na Basílica de São Pedro fiquei estupefacto. A riqueza e grandeza são impressionantes. Não sou muito dado à religião mas dá que pensar se tudo isto não poderia ser aplicado de outra forma.

A subida à cúpula da basílica implica trepar cerca de 850 degraus ou optar por subir de elevador pelo menos 550 degraus.

Cá em cima a vista para o exterior é fantástica e dá para ficar com uma visão geral de Roma. Vale a pena subir.

Praça do Vaticano
Capela Sistina
San Giovanni Laterano
St Maria Maggiore

De italiano não tenho nada mas partilho o mesmo gosto pela “pasta”. Diariamente experimentava uma nova combinação e cada uma melhor que a outra. A este nível a comida Italiana é óptima mas não há nada como o nosso cozido à Portuguesa.


Durante os três dias conseguimos visitar muitos dos locais principais e secundários e sempre nos deslocamos a pé. Só no último dia consegui localizar uma possibilidade de alugar bikes junto ao coliseu e também na Top Bike Rental (www.topbikerental.com). Este parece ser óptimo, as bikes até tem suportes de mapas. Aqui está uma oportunidade de expandir o meu negócio além fronteiras.

Ao visitarem Roma vale a pena adquirirem o RomaPass (20€) pois possibilita viajar nos transportes públicos de borla e entrar de forma gratuita em dois locais históricos e descontos nas restantes demais entradas.

Um factor que não estava a espera de encontrar foi a quantidade massiva de estrangeiros no país, muitos chineses mas principalmente indianos. Na periferia de Roma Antiga a quantidade de lojas do género é impressionante e a venda nas ruas ainda mais.

Wednesday, January 09, 2008

Paris


Sacré Coeur

Molin Rouge

Centro Pompidou

Notre Dame

Museu do Louvre

Passeio de barco no rio Senna


Um obra fabulosa, até hoje o melhor monumento que vi. Demoramos cerca de duas horas na fila para a subida. Optamos por subir pela perna sem elevador e com tantos degraus tivemos que parar para recuperar o fôlego. Já durante a subida víamos é possível observar painéis informativos e um deles deixou-me muito curioso. Um corrida a subir à torre desde a base ao topo… Impressionante… Bom… são muitos degraus…

Este monumento tem muita historia e enquanto via a maior parte dos turistas irem ao café ou à loja das lembranças optei por conhecer melhor a forma de construção. Sob a forma de paineis e videos é possivel observar como a torre foi construida e para quem tiver o gosto pela mecânica e engenharia vale bem apena perder 1 hora à volta disto.

Vista do 2º andar da torre.


Champs-Élysées, ao fim de semana podesse alugar bikes para um passeio relaxante pela cidade. Na zona central existem inumeras ciclovias para poder andar. Vale bem a pena também dar uma volta ao longo do Senna.


Exemplo de uma simples refeição que rondou cerca de 60 €, mas a caneca de cerveja é de litro. Pois é. De todos os locais que já visitei Paris é sem dúvida o mais caro.
Eurodisney. Foi um dia completo e enganem-se aqueles que pensam que é só para crianças. É fabuloso, foi diversão à brava... o único inconveniente são as longas filas de espera para as diversões.

Montanha russa do Indiana Jones.



Mais uma montanha russa... Esta fantástica simulando uma viagem no espaço. Aqui vou eu de olhos bem abertos a absorver toda a experiençia. É pura adrelanina... Claro está que ao meu lado está a Susana de olhos fechado... será sono ou medo?